Oral Health Care for Patients With Microcephaly

Autores

  • Juliete Emily Muniz Ribeiro Pacheco Centro Universitário Regional do Brasil, Dentistry Course. BA, Brazil.
  • Juliana Borges de Lima Dantas Universidade Federal da Bahia, Institute of Health Sciences, Stricto Sensu Post-Graduate Program in Interactive Processes of Organs and Systems. BA, Brazil. Faculdade Adventista da Bahia, BA, Brazil.
  • Tila Fortuna Costa Freire Universidade Federal da Bahia, Institute of Health Sciences, Stricto Sensu Post-Graduate Program in Interactive Processes of Organs and Systems. BA, Brazil. Centro Universitário Regional do Brasil, Dentistry Course. BA, Brazil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8938.2021v22n3p230-233

Resumo

Abstract
Patients affected with microcephaly have a head circumference below the average for sex and age, and in most cases it is associated with altered brain structure, developmental problems and dysmorphic facial features. Thus, the objective of this study was to describe the therapeutic approaches for dental care of patients with microcephaly. The selection of scientific articles for the study construction was carried out through the databases Scielo, Medline, Bireme and PubMed with a total selection of 16 scientific articles with years of cut-off between 2010 to 2019. Microcephaly affects not only the patient’s general health status, but also dental care, which is hampered by the small number of professionals qualified to care for special patients and the little knowledge of the craniofacial and dental characteristics of these individuals. In most cases, the dental surgeon is unprepared and insecure before these patients, which is hampered by the little knowledge they have of their main oral and craniofacial characteristics. Thus, the professional is unable to determine clinical procedures to be performed. Thus, it can be concluded that it is necessary for the dentist to have knowledge about microcephaly and provide instruction to the children’s parents and guardians in this condition, thus facilitating the dental procedures execution.
Keywords: Disabled Persons. Dental Care for Disabled. Oral Pathology.
Resumo
Os pacientes acometidos com microcefalia possuem um perímetro cefálico inferior à média para o sexo e idade, e na maioria dos casos está associado à estrutura cerebral alterada, problemas de desenvolvimento e características faciais dismórficas. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi descrever as condutas terapêuticas para atendimento odontológico de pacientes com microcefalia. A seleção dos artigos científicos para construção do trabalho foi realizada por meio de bases de dados Scielo, Medline, Bireme e PubMed, com seleção total de 16 artigos científicos com anos de corte entre 2010 a 2019. A microcefalia afeta não apenas o estado de saúde geral do paciente, mas também o atendimento odontológico, que se torna dificultado devido ao pequeno número de profissionais habilitados para o atendimento a pacientes especiais e ao pouco conhecimento das características craniofaciais e dentárias desses indivíduos. Na maioria dos casos, o cirurgião-dentista encontra-se despreparado e inseguro diante desses pacientes, o que é dificultado pelo pouco conhecimento acerca das principais características bucais e craniofaciais. Com isso, o profissional fica impossibilitado na determinação de procedimentos clínicos a serem realizados. Desta forma pode-se concluir que é necessário ao cirurgião-dentista um conhecimento sobre a microcefalia e proporcionar instrução aos pais e responsáveis pelas crianças nesta condição, facilitando assim a execução dos procedimentos odontológicos.
Palavras-chave: Pessoas com Deficiência. Assistência Odontológica para Pessoas com Deficiências. Patologia Bucal.

Downloads

Publicado

2021-09-20

Edição

Seção

Artigos