Therapeutic Group of The Elderly: Knowledge About Diabetes Mellitus and Arterial Hypertension

Autores

  • Thalita Araújo dos Santos City Hall of Itabuna. BA, Brazil.
  • Murilo Silva Alves Universidade Estadual de Santa Cruz. BA, Brazil. https://orcid.org/0000-0001-5453-3783
  • Thais Silva Pereira Campos Universidade Estadual do Sudeste da Bahia, Post-Graduate Studies Program in Nursing and Health. BA, Brazil.
  • Mônica Pinchemel Nascimento Universidade Estadual da Bahia. BA, Brazil. https://orcid.org/0000-0002-9934-3390

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8938.2021v22n3p243-247

Resumo

Abstract
Control and the care are continuous challenges in the treatment of chronic diseases, and it is necessary to know the users’ realities in order to seek intervention alternatives. The study aimed to identify the participants’ knowledge in a therapeutic group of the elderly regarding diabetes mellitus and systemic arterial hypertension. Descriptive and exploratory study with a qualitative approach, conducted with 12 elderly in the therapeutic group. Semi-structured interviews were used as data collection technique. Data were transcribed and analyzed using the content analysis technique. In the results the category about the participants’ knowledge on the diseases emerged, namely: etiological factors; main signs, symptoms and complications; drug therapy; use of herbal medicines; food control; lifestyle and regular follow-up at the health unit. It was concluded that the participants have knowledge about the diseases; however, they cultivate habits that can trigger complications. Knowledge from experience should not be neglected, but should be directed towards achieving the goal of the therapeutic group, helping to improve the understanding of the elderly about their disease (s) and stimulating self-care.
Keywords: Therapeutics. Health Education. Chronic Disease. Self-Care.
Resumo
O controle e o cuidado são desafios contínuos na terapêutica das doenças crônicas, sendo necessário conhecer as realidades dos usuários para buscar alternativas de intervenção. O estudo objetivou identificar o conhecimento dos participantes de um grupo terapêutico de idosos em relação ao diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. Estudo descritivo e exploratório, com abordagem qualitativa dos dados. A pesquisa foi realizada no munícipio de Itabuna na Bahia, na Unidade de Saúde da Família Simão Fitterman, no ano de 2014. Participaram do estudo 12 idosos do Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos (HIPERDIA), que participaram das reuniões do grupo terapêutico de idosos. A técnica utilizada para coleta de dados foi a entrevista com roteiro semiestruturado, realizadas nas reuniões do grupo terapêutico da unidade referida. O instrumento de coleta foi composto por dados sócio demográficos, conceitos e fatores desencadeantes das doenças estudadas, tratamento não farmacológico, complicações, prevenção e noções de autocuidado. Concluiu-se que os participantes possuem conhecimento sobre as doenças, entretanto cultivam hábitos que podem desencadear complicações. O conhecimento advindo da experiência, não deve ser negligenciado, mas direcionado ao alcance do objetivo do grupo terapêutico, contribuindo na melhoria do entendimento dos idosos sobre sua (s) doença (s), e estimulando o autocuidado.
Palavras-chave: Terapêutica. Educação em Saúde. Doença Crônica. Autocuidado.

Downloads

Publicado

2021-09-20

Edição

Seção

Artigos