Effect of Combined Training on Muscle Co-Activation and Functional Capacity in Older Women: a Pilot Study

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8938.2021v23n2p160-165

Resumo

Abstract
Aging is characterized by morphological and functional declines, including impairment in muscle performance and functional capacity. Herein, changes were investigated in strength promoted by combined training and its effects on muscle co-activation in older women. After tree-week adaptation period, thirteen healthy older women (60.2 ± 6.2 years) underwent a 12-week training program, three sessions a week, one hour per session, divided into 30 minutes of aerobic exercise on a treadmill or cycle ergometer and 30 minutes of strength training. Muscle strength tests and cardiopulmonary fitness assessment were performed before and after the intervention. The results herein showed improvements in strength, functional capacity, and lower limb muscle activation, but no differences in muscle co-activation. In conclusion, the data of this study suggest that 12weeks of combined training exercise may not be effective in inducing muscle co-activation but may help prevent or mitigate the decline in muscle performance and functional capacity in the older population.

Keywords: Electromyography. Aging. Exercise. Health Evaluation.

Resumo
O envelhecimento é caracterizado por declínios morfológicos e funcionais, incluindo prejuízo no desempenho muscular e capacidade funcional. Aqui, investigamos as mudanças na força promovidas pelo treinamento combinado e seus efeitos na coativação muscular em mulheres idosas. Após três semanas de adaptação, treze idosas saudáveis (60,2 ± 6,2 anos) realizaram um programa de treinamento por 12 semanas, três sessões semanais, uma hora por sessão, divididas em 30 minutos de exercício aeróbio em esteira ou cicloergômetro e 30 minutos de treinamento de força. Testes de força muscular e avaliação da aptidão cardiopulmonar foram realizados antes e após à intervenção. Nossos resultados mostraram melhorias na força, capacidade funcional e ativação muscular dos membros inferiores, mas nenhuma diferença na coativação muscular. Em conclusão, nossos dados sugerem que 12 semanas de exercícios de treinamento combinado podem não ser eficazes na indução da coativação muscular, mas podem ajudar a prevenir ou diminuir o declínio muscular e a melhora da capacidade funcional na população idosa.

Palavras-chave: Eletromiografia. Envelhecimento. Exercício Físico. Avaliação em Saúde.

Downloads

Publicado

2021-06-21

Edição

Seção

Artigos