Anthropometric Indicators Associated with the Cardiometabolic Risk of Elderly Women in Family Health Support Centers

Autores

  • Leonardo dos Santos Oliveira Universidade Estadual de Maringá, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. PR, Brasil
  • José Demetrius Soares da Silva Faculdades Integradas de Patos. PB, Brasil
  • Jarbas Rállison Domingos-Gomes Universidade Federal da Paraíba, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física. PB, Brasil.
  • Nayara Elis Cabral Pontes Universidade Federal da Paraíba, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física. PB, Brasil
  • Rodrigo Ramalho Aniceto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Camocim-CE, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8938.2018v20n4p259-263

Resumo

A antropometria representa um importante instrumento para a efetivação de práticas na atenção primária à saúde e, embora muitos indicadores antropométricos tenham sido utilizados, a razão cintura-estatura (RCE) e o índice de adiposidade corporal (IAC) têm sido pouco explorados neste contexto, especialmente, entre idosos. Portanto, este estudo analisou diferentes indicadores antropométricos associados ao risco cardiometabólico de idosas em Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs) da cidade de Patos-PB. Em um estudo transversal descritivo, 53 idosas [Média (DP); idade: 72 (6) anos, massa corporal: 66,3 (13,4) kg, estatura: 152,6 (5,1) cm] foram submetidas a medidas antropométricas de massa corporal, estatura e circunferências de cintura (CC), abdômen e quadril. Posteriormente, foram calculados: índice de massa corporal (IMC), RCE, índice de conicidade (IC) e IAC. O relacionamento entre os indicadores antropométricos foi calculado, a partir do coeficiente de correlação de Pearson (r). Os resultados demonstraram que a maioria das idosas apresentou risco elevado para doenças cardiometabólicas, independentemente dos indicadores empregados. Com exceção do IC, os indicadores antropométricos apresentaram moderados a excelentes relacionamentos entre si (P<0,05). Embora o IAC tenha demonstrado bons relacionamentos, a RCE foi o indicador com correlações mais fortes com os demais (0,606<r<0,954). Conclui-se que idosas cadastradas em diferentes NASFs da cidade de Patos-PB apresentaram risco moderado a elevado para doenças cardiometabólicas, sobretudo, a partir da análise conjunta do IMC/CC e da RCE. Assim, medidas antropométricas são recomendadas, a fim de contribuirem para a identificação de fatores predeterminantes de doenças não-comunicáveis em idosos na atenção primária à saúde.

Palavras-chave: Antropometria. Saúde do Idoso. Estratégia Saúde da Família. Doenças Cardiovasculares.

 

Abstract

Anthropometry represents an important tool for the implementation of primary health care practices, and although a lot of anthropometric indices have been used, the waist-height ratio (WHR) and the body adiposity index (BAI) have been little explored in this context, especially among the elderly. Therefore, this study analyzed different anthropometric indicators associated with the cardiometabolic risk of elderly women in Family Health Support Centers (FHSC) in Patos-PB. In a descriptive cross-sectional study, 53 elderly women [mean (SD); age: 72 (6) years, body mass: 66.3 (13.4) kg, height: 152.6 (5.1) cm] underwent anthropometric measures of body mass, height and waist (WC), abdomen and hip circumferences. Subsequently, body mass index (BMI), WHR, conicity index (CI) and BAI were calculated. The relationship among  the anthropometric indexes was calculated using the Pearson correlation coefficient (r). Results showed the majority of the elderly presented a high risk for cardiometabolic diseases, regardless of the used index. With the exception of CI, the anthropometric indicators presented moderate to excellent relationships (P<0.05). Although BAI showed good relationships, the WHR was the indicator with stronger correlations with the others (0.606<r<0.954). In conclusion, elderly women enrolled in different FHSC in Patos-PB presented moderate to high risk for cardiometabolic diseases, mainly from the analysis of  BMI and WC analysis together with  WHR. Thus, anthropometric measures are recommended in order to contribute to the identification of predictors of noncommunicable diseases in the elderly in primary health care.

Keywords: Anthropometry.  Health of the Elderly. Family Health Strategy. Cardiovascular Diseases.

Downloads

Publicado

2018-12-30

Edição

Seção

Artigos