Senile Solar Lentigo - Alternative Treatment Available on the Market of Aesthetic

Autores

  • Patrícia Gonçalves da Silva Bernardes Universidade Estadual de Goiás
  • Sarah Buzaim Lima Universidade Federal de Goiás. GO, Brasil
  • Glaucia Freire Batista Faculdade Anhanguera de Campinas. SP, Brasil
  • Hermínio Mauricio da Rocha Sobrinho Universidade Estadual de Goiás, Curso Tecnológico de Estética e Cosmética. GO, Brasil
  • Lucas Henrique Ferreira Sampaio Universidade Estadual de Goiás, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Aplicada a Produtos para Saúde. GO, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8938.2018v20n4p283-288

Resumo

O Lentigo Solar é conhecido também como manchas senis, que são lesões pigmentadas na superfície do tecido epitelial. O lentigo apresenta coloração castanho-claro, escura ou negra e surge em regiões do corpo mais expostas ao sol, como a face, o dorso das mãos e dos braços, colo e os ombros. Além disso, aumenta em número e em dimensão com o envelhecimento. As lesões LS são mais frequentes em peles claras. O objetivo da pesquisa foi descrever os mecanismos de ação e de eficácia das principais tecnologias e procedimentos utilizados no tratamento das manchas senis. O presente estudo é uma revisão bibliográfica que apresenta uma visão geral das alternativas disponíveis no mercado estético para o tratamento de lentigo solar. Luz Intensa Pulsada, Lasers, Peelings Químicos, Despigmentação Ultrassônica e Microdermoabrasão são alguns dos recursos disponíveis no mercado mundial utilizados no tratamento do Lentigo Solar Senil. Estes recursos, associados ou não, atuam de forma superficial, como terapia despigmentante, clareadora e renovadora celular, proporcionando resultados eficazes em curto e médio prazo. Estudos sugerem que essas terapias combinadas somadas com a manutenção preventiva com fotoproteção e despigmentantes podem proporcionar resultados eficazes e satisfatórios. O tratamento do Lentigo Solar exige conhecimentos específicos e capacitação profissional para avaliação clínica adequada e elaboração de novos protocolos de tratamento.

Palavras-chave: Terapia a Laser. Ultrassom. Abrasão Química.

 


Abstract

Solar Lentigo, also known as senile spots, are pigmented lesions on the surface of the epithelial tissue. They are light brown, dark or black in color and appear in regions of the body most exposed to the sun, such as a face, back of hands and arms, neck and shoulders. In addition, they increase in number and size with aging, being more frequent in light skin. The aim of this study was to describe the mechanisms of action and the efficacy of the main technologies and procedures for treatment of senile spots. The present study is a bibliographical review that presents an overview of the alternatives available in aesthetic market for the treatment of solar lentigo. Intense Pulsed Light, Lasers, Chemical Peels, Ultrasonic Depigmentation and Microdermabrasion are some of the treatment available worldwide to treat senile solar lentigo. These resources associated or not, act superficially, as depigmenting therapy, bleaching and cell renewal, providing efficient results in the short and medium term. Studies suggest that these therapies combined with preventive maintenance with photoprotection and depigmenting may provide satisfactory results. The treatment of Solar Lentigo requires specific knowledge and professional qualification for clinical evaluation and elaboration of new treatment protocols.

Keywords: Laser Therapy. Ultrasonics. Chemexfoliation.

Downloads

Publicado

2018-12-30

Edição

Seção

Artigos